Ticker

6/recent/ticker-posts

Header

ad

Eventos históricos do dia 06 de Dezembro

  


👉1912: O busto de Nefertiti é descoberto


👉1917: Explosão de Halifax


👉1240 — Kiev é invadida e conquistada pelos mongóis.


👉1491 — O rei Carlos VIII casa com Ana, Duquesa da Bretanha e incorpora este ducado à coroa da França.


👉1768 — Publicada a primeira edição da Enciclopédia Britânica.


👉1815 — Após 106 dias de batalha, os colombianos rendem-se e os espanhóis tomam Cartagena.


👉1820 — Vitória de San Martín na Batalha do Pisco, importante para o processo de independência do Peru.


👉1868 — Ocorre a Batalha de Itororó, na Guerra do Paraguai, entre cinco mil paraguaios e treze mil brasileiros comandados pelo então marquês de Caxias.


👉1877 — É publicada a primeira edição do The Washington Post.


👉1901 — O presidente dos Estados Unidos William McKinley é baleado por um anarquista. Ele iria falecer em 14 de setembro.


👉1904 — Theodore Roosevelt articula seu "Corolário" à Doutrina Monroe, afirmando que os Estados Unidos interviriam no Hemisfério Ocidental se os governos latino-americanos se mostrassem incapazes ou instáveis.


👉1905 — A separação entre a Igreja e o Estado é aprovada pelo senado francês como resposta às críticas do Papa Pio X.


👉1912 — O busto de Nefertiti é descoberto.


👉1916 — Primeira Guerra Mundial: os Impérios Centrais capturam Bucareste.


👉1917

A Finlândia declara-se independente da Rússia Soviética, que a havia anexado a seu território pelo Tratado de Tilsit, assinado entre Alexandre I e Napoleão Bonaparte.

Explosão de Halifax: uma explosão de munições perto de Halifax, Nova Escócia, mata mais de 1 900 pessoas na maior explosão artificial até então.

O barco Monte Branco, que transportava 3 mil toneladas de dinamite, choca com outro barco belga, provocando a morte de 1,6 mil pessoas.


👉1921 — O Tratado Anglo-Irlandês é assinado em Londres por representantes britânicos e irlandeses.


👉1922 — Um ano após a assinatura do Tratado Anglo-Irlandês, o Estado Livre Irlandês passa a existir.


👉1928 — O governo da Colômbia envia forças militares para reprimir uma greve de um mês por trabalhadores da United Fruit Company, resultando em um número desconhecido de mortes.


👉1941 — Segunda Guerra Mundial: o Reino Unido e o Canadá declaram guerra à Finlândia em apoio à União Soviética durante a Guerra da Continuação.


👉1946 — O químico norte-americano Willard Libby apresenta um relógio atômico capaz de medir o tempo com tanta precisão que atrasaria no máximo um segundo em 300 mil anos.


👉1947 — Criação do Parque Nacional Everglades, na Flórida.


👉1956

Nelson Mandela, líder do movimento contra a segregação racial na África do Sul, é preso junto com outras 156 pessoas por causa de atividades políticas em seu país.

Uma violenta partida de pólo aquático entre a Hungria e a União Soviética ocorre durante os Jogos Olímpicos de Verão de 1956 em Melbourne, no contexto da Revolução Húngara de 1956.


👉1958 — Lançamento da Pioneer 3. Ao todo existiram quatorze missões Pioneer.


👉1962 — O Departamento de Estado norte-americano confirma a retirada dos bombardeiros soviéticos de Cuba.


👉1966 — Golpe Militar de 1964: publicado o projeto de constituição redigido por Carlos Medeiros, ministro da Justiça, e por Francisco Campos.


👉1971 — O Paquistão rompe relações diplomáticas com a Índia, iniciando a Guerra Indo-Paquistanesa de 1971.


👉1978 — A Espanha aprova uma nova constituição que estabelece uma monarquia constitucional e o parlamentarismo como forma de governo.


👉1989 — Massacre da Escola Politécnica de Montreal (ou Massacre de Montreal): Marc Lépine, um atirador antifeminista, mata 14 jovens na Politécnica Montreal.


👉1991 — Guerra Civil Iugoslava: na Croácia, as forças do Exército Popular Iugoslavo (JNA), dominado pelos sérvios, bombardeiam Dubrovnik após sitiar a cidade por sete meses.


👉2002 — Emenda constitucional no Canadá dá origem ao nome da província de Terra Nova e Labrador.


👉2006 — A NASA revela fotografias tiradas pela Mars Global Surveyor sugerindo a presença de água líquida em Marte.


👉2017 — O governo de Donald Trump anuncia oficialmente o reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel.
 

Publicar um comentário

0 Comentários