Sponsor

header ads

Movicel perde mais de 1 milhão de clientes em menos de 1 mês

A operadora angolana, Movicel, regista a pior baixa de adesão de clientes dos últimos anos, sendo que, dos mais de 2 milhões de clientes que contabilizam a operadora em todo o país, segundo dados divulgados pelo Primeiro, apenas 112.657 mil clientes aderiram aos novos planos lançados no dia 15 de Setembro, fazendo um total de cerca de 1.887.343 abstinências, os piores números de todos os tempos.

Refere-se que a onda de protestos, levantada logo após o anuncio oficial dos reajustes nos planos, no dia 15 de Setembro, o conselho de administração viu-se obrigado a reunir com urgência para rever a decisão e deliberar um novo reajuste de Tarifários, aplicando assim mais benefícios.

Uma fonte sob anonimato, terá revelado  que a parceria entre a Vodafone e operadora angolana, foi uma das grandes motivadoras dos reajustes, uma vez que, aquela operadora inglesa, não viu viabilidade nos preços e tarifários que a Movicel tem vindo a praticar para avançar com os projectos de melhoria da rede prometidos em 2019, no acto da assinatura formal do convénio.

Preocupados com os números baixos e com a onda de protestos, mesmo depois de deliberar um novo reajuste, O Conselho liderado pelo seu PCA, Aristides Safeca, convocou a imprensa no dia 1 de Outubro, para reforçar a ideia e pedir a máxima compreensão dos seus clientes.

De salientar que, a Movicel está no mercado angolano desde 2002, e conta actualmente com cerca de 2 milhões de clientes em todo território nacional.



 

Publicar um comentário

0 Comentários