Subscribe Us

header ads

Conhecemos bem a malvadez da polícia, a perversidade com que abusam da farda


Por Luaty Beirão:
Em Angola, para te multarem te levam para a esquadra e só te largam quando conseguires que alguém pague a multa por ti e vá lá apresentar comprovativo. Tem quem já dormiu 2 dias na esquadra por não usar máscara. Atrasados mentais!!!
Morreu um médico, como se os tivéssemos em excesso. Estava no seu carro, sozinho, sem máscara. Violou a estupidez tornada lei. “Vamos para a esquadra!”. Lá “caiu”, bateu com a cabeça, morreu! A discussão é só se foi morte acidental ou “assistida”.
Conhecemos bem a malvadez da polícia, a perversidade com que abusam da farda que envergam e poucos duvidam que, ainda que o médico tivesse tropeçado e batido com o crânio, essa queda tenha sido provocada por empurrões dos agentes. Se a autópsia foi feita pela própria polícia então ela vale zero!
Se o país funcionasse normalmente, por mais estúpida que fosse a lei, a multa seria passada, o doutor seguiria com o papelinho para sua casa e teria 15 dias para a pagar. Mas aqui queremos criar regras tendo apenas um único método de as fazer vigorar: a força repressiva da polícia! Resultado: rebuçados e "acidentes" repetidos e normalizados

Publicar um comentário

0 Comentários

Pesquisar neste blogue