READY NEUTRO DISPARA CONTRA GOVERNO ANGOLANO POR PEDIR AJUDA AO POVO PARA CONTRIBUIR DINHEIRO PARA COMBATE CONTRA COVID-19 - PORTAL BWEDSONS

Breaking

READY NEUTRO DISPARA CONTRA GOVERNO ANGOLANO POR PEDIR AJUDA AO POVO PARA CONTRIBUIR DINHEIRO PARA COMBATE CONTRA COVID-19


Caro governo! Escrevo-te esta carta pelo seguinte: hoje por volta das 11 horas e 8 minutos, o senhor mandou-me uma mensagem com este conteúdo:
Ajuda-nos a ajudar.
Todos juntos na luta contra o Covid-19.
Podes fazer a tua parte contribuindo em Kwanzas para o IBAN AO06 0005 0000 5197 1631 1019 7 do MINFIN-Tesouro Nacional.
Governo de Angola.
Caro senhor, devia saber que governar e ajudar são duas coisas diferentes.
O senhor não está aí pra nos ajudar, mas sim pra governar, e governar é criar condições políticas e econômicas que sejam capazes de criar mobilidades para a resolução das várias questões sociais.
Então veja, o que fizeres para o bem deste povo angolano nesta fase de crise pandémica não pode ser visto como uma ajuda.
Consta do teu dever como Governo, que ao assumir o poder político-administrativo se compromete a dar respostas salomônicas aos problemas, sejam elas quais forem.
Por outro lado, o apelo que faz ao povo pendindo uma contribuição para a conta bancária do Ministério das Finanças é um apelo parvo se analisar que este mesmo povo de que o senhor pede ajuda é o mesmo que o senhor maltrata nos vários locais de "supostamente" venda proibida.
Este povo é o mesmo que o senhor se rejeita a dar emprego, este povo é o mesmo que o senhor só se lembra dele em fases de campanha eleitoral, ou quando precisa dele pra doar sangue nos hospitais.
Este mesmo povo é parte dos 30 milhões de habitantes que vive em condições precárias.
Sem água canalizada, sem luz elétrica, sem subsídio de porra nenhuma.
Este povo de que o senhor pede ajuda, é o mesmo que perdeu, ou perderam seus filhos quando o senhor decidiu matar a tiro os gatunos da zona da DIMUKA, DO NGUANHÃ, SER-MADÓ, TIRA BIQUINI, CHENDOVAVA, DAS BANANEIRAS, DO GINDUNGO, DO TIRA PISTOLA, DO SETE E MEIO, DO CÚ DO BOI, DA AREIA VERMELHA, Só pra citar alguns.
Este povo que o senhor pede ajuda é o mesmo que sobrevive de vendas diárias nos MERCADOS DOS KWANZAS, DO TUNGANGO, DOS KAJUEIROS, DO KIKOLO, DA PRAÇA DA MULHER, DA GAJAJEIRA, DO HOJE YA HENDA, DO KATINTON, DO TRINTA, e que agora (por uma questão de segurança sanitária), não pode exercer suas actividades. Este povo não tem dinheiro pra contribuir.
Então senhor governo de Angola, não peça dinheiro a este povo pobre e desgraçado.
Este povo que vocês desgraçaram quando aderiram a política macabra de acumulação privativa de capital.
Este povo que foi por vocês e vossos malditos filhos roubados e empobrecidos até ao último centavo.
Senhor governo de Angola, corta o salário e os subsídios dos deputados numa ordem de 80% e usa este dinheiro para acudir a situação do Covid-19.
Senhor governo de Angola peça dinheiro ao Presidente da Assembleia, o tio Nandó que gastou em Setembro de 2019 dois milhões de dólares para casar sua filha.
Peça ao general Dino que este ano gastou cinco milhões de Euros pra casar sua filha, Peça ao Álvaro Sobrinho que estranhamente detém 80% das fábricas BOM PETISCO, e PITEU, 66% da BABEL, 26% da SAD DO SPORTING, e ainda é proprietário de 6 apartamentos de luxo no EDIFÍCIO ESTORIL-SOL RESIDENCE.
Todos comprados com dinheiro do povo angolano.
Peça dinheiro ao António Mosquito que detém 5% do bloco 17 (bloco de exploração de petróleo), 67% da Soares da Costa, 12% da Caixa Totta Angola, 50% da NBASIT.
Peça dinheiro ao Kangamba que comprou uma casa de 12 milhões de euro no condomínio LA FINCA na Espanha.
Peça a Isabel dos Santos dona de 25% da UNITEL, 20% do BPI, 51% do CANDANDO, 29% da ZON, 25% do BANCO BIC, 35% da IMOLUANDA, 18% da AMORIM ENERGIA. Peça ao Kopelipa dono da NAZAKI empresa que explora petróleo nos blocos 9 e 21.
Peça ao presidente João Lourenço que com o Nandó, Manuel Vicente, Roberto de Almeida e Faustino Muteka detêm 48% do Banco BAI.
Caro senhor governo de Angola, peça dinheiro a estes que roubaram o povo para acumulação privativa de capital. Enriqueceram e pra tal tiveram que levar o país numa verdadeira falência econômico e financeira.
Despeço-me com elevada estima e consideração.
Atenciosamente: PICK NGUDIAKAGE. #VAI LÁ POCARALHO.
10 h
Público

Sem comentários: