Subscribe Us

header ads

O troféu destinado aos campeões da Espanha será decidido por clubes que não conquistaram nada na última temporada

     Real Madrid e Atlético decidem a Supercopa que não é Supercopa




Supercopas são, tradicionalmente, os torneios que reúnem dois campeões distintos de campeonatos organizados por uma mesma entidade.
Na Europa, existem em quase todos os países praticamente da mesma forma: o campeão do certame de pontos corridos enfrenta o vencedor da copa, em duelo que geralmente abria o calendário de uma temporada.
Também existem as Supercopas continentais, que promovem o encontro dos vencedores dos principais torneios organizados pelas entidades: na América do Sul, a Supercopa Sul-Americana põe frente a frente os campeões de Libertadores e da Copa Sul-Americana; na Europa, a Supercopa Europeia reúne os times que triunfaram na Champions League e Europa League.
Quando um time consegue uma dobradinha (campeonato nacional + copa), a Supercopa pode contar com o vice do torneio de pontos corridos ou do mata-mata, dependendo do lugar.
É por isso que a Supercopa da Espanha de 2020 já está marcada de uma forma única na história: o Atlético de Madrid, atual vice-campeão de La Liga, vai decidir o troféu contra o Real Madrid, que na última edição do torneio ficou em terceiro.Barcelona, campeão espanhol, e Valencia, que triunfou na Copa do Rei, não estão mais na disputa.


A bizarrice é explicada pela regulamentação que Federação Espanhola inventou e aprovou no início de 2019: em busca de dinheiro, o certame foi para a Arábia Saudita e passou a contar com quatro times: campeão e vice da Copa do Rei + campeão, vice e terceiro colocado de La Liga. Duas semifinais e uma final.
Na última quarta-feira (08) o Real Madrid bateu o Valencia por 3 a 1, e nesta quinta (09) o Atleti venceu o Barcelona em um emocionante 3 a 2.
O formato novo, por si só, acaba com o caráter de “Supercopa”, que agora passa a ser apenas um nome inserido em um minitorneio diferente. Chega até mesmo a parecer uma coincidência ver que, pela primeira vez na história, uma Supercopa da Espanha não terá um clube que foi campeão nacional na campanha anterior.
Real Madrid e Atlético se enfrentam neste domingo (12).




Publicar um comentário

0 Comentários

Pesquisar neste blogue